quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O Autor da Criação


“No Princípio criou Deus os céus e a terra” Gn 1.1
Existem vários mitos que falam da criação dos céus e da terra, alguns inclusive se parecem com o texto bíblico de Gênesis, todavia eles demonstram incoerência com a lógica, e quando lidos com mais atenção, veremos que mais são as discrepâncias existentes entre eles e o relato de Gênesis do que suas similaridades. Os mitos como o mito babilônico, mostram vários deuses em guerra e em decorrência desta guerra surgem os céus e a terra. Nos mitos, os seres humanos são motivos de revolta e inveja dos deuses.
Notem que nessas fábulas, a guerra, o ódio fazem parte da criação daquilo que é harmonioso como o nosso imenso universo. Quando olhamos para toda a criação, notamos que foi necessário alguém que planejasse e arquitetasse cada detalhe para a criação de todas as coisas. Não foi o acaso. Não foi obra de sucessivas guerras. Mas obra de alguém que agiu com propósito e organização.
O sistematizador da lógica Aristóteles, um dos maiores filósofos do mundo, disse que existiu e existe alguém que é fabuloso para criar o mundo, ele chamou este ser de o “Motor Não Movido”. Sua idéia era de que este motor moveu tudo e não foi movido por ninguém. Que pena que Aristóteles não entendeu que este ser era o Deus verdadeiro revelado na Bíblia. Sua lógica o levou ao pensamento certo, mas a conclusão certa só advém do próprio criador e de seu conhecimento revelado nas Escrituras.
Portanto, somente pela lógica, já podemos deduzir que houve um criador poderoso que criou todas as coisas e que somente pela fé cremos que este Deus é o Deus da Bíblia o qual no princípio criou os céus e a terra.

Pense nisso:
O que você deve fazer diante do Deus Todo-Poderoso que criou todas as coisas? Como agradecer hoje ao seu criador por Ele ter lhe criado, bem como a sua família? Faça algo hoje voltado ao criador e a sua criação que demonstre sua gratidão.

¹Fábulas criadas pelos homens. Alguns teólogos que não acreditam no sobrenatural se enveredaram pelo caminho da crença de que Gênesis não é um fato histórico, mas um conto fantasioso com um sentido espiritual.

Nenhum comentário: