quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

A PERGUNTA DA GRAÇA

Caro leitor, temos constatado com muita alegria que você tem visitado o nosso blog. Sendo assim, gostaríamos que soubesse que partilharemos durante um mês, 30 pequenas mensagens sobre a graça de Deus. Estas mensagens foram escritas para o devocional Cada Dia da LPC, com o tema: A Manifestação da Graça. Caso você tenha interesse em publicá-las, por favor faça menção da fonte. Desejamos muito que a sua vida seja profundamente edificada. Esperamos que goste. Hoje, iniciamos com o tema: A pergunta da graça. Ah! Também gostaríamos que soubesse que as mensagens serão postadas da forma como se encontram no Cada Dia, isto é, tema, versículo bíblico, mensagem e oração. Boa leitura!

A PERGUNTA DA GRAÇA
“Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: Onde está você?” (Gn 3. 9).

A desobediência fez com que Adão e Eva perdessem a
roupagem da justiça. Quando perceberam que estavam nus,
sentiram vergonha e tiveram medo do Criador. Agora, o fardo
da culpa pesava sobre os seus ombros. A vida estava marcada
pelo vazio da solidão.
O pecado abriu um abismo entre o homem e Deus. Provocou
a ruptura de relacionamento, perturbou a ordem da
criação e trouxe danos terríveis para a humanidade. Quando
o medo e a culpa imperavam, a voz da graça ecoou no Jardim
do Éden: “Onde está você?”. Deus sabe onde estamos. Ele vê
tudo, sabe tudo e conhece todas as coisas. Mas, ainda assim,
quer que saiamos do esconderijo existencial.
O Senhor convida você para recomeçar, porém é preciso
comparecer à sua presença. Venha agora. Não adie a decisão.
O Senhor toma a iniciativa, mas é você quem responde. Ele
fez a pergunta, mas cabe a você respondê-la. Só assim a vergonha
será encoberta pela justiça de Cristo, o medo vencido
pela acolhida, o pecado removido pelo sangue de Jesus e a
paz experimentada como resultado do perdão.

Oração: "Senhor Deus, eu reconheço que necessito da tua graça. Os meus
erros me afastam de ti. Por isso, humildemente, quero pedir perdão
por todos os meus pecados. Em nome de Jesus. Amém".

Nenhum comentário: