terça-feira, 8 de junho de 2010

O DIFERENTE FAZ A DIFERENÇA


O DIFERENTE FAZ A DIFERENÇA
O mundo pós-queda é marcado pela injustiça, pela falta de integridade e pelo distanciamento de Deus. Os dias de Noé foram difíceis por causa dos estigmas provocados pelas mazelas do pecado, os quais permeavam toda a sociedade. A maldade humana era generalizada, multiplicada e contínua. A maldade humana era ainda, e, sobretudo, uma maldade planejada (Gn 6. 5, 9). A terra estava corrompida à vista de Deus. Ela estava cheia da violência, porém, não de qualquer violência, mas da violência dos homens (Gn 6. 11, 13). Naqueles dias dominava a injustiça, não havia integridade e os homens haviam abandonado os valores de Deus. não havia espaço para o exercício da justiça, para vivenciar a integridade nem para o deleite na presença de Deus. A correnteza das águas corria com ímpeto na direção contrária àquilo que é justo, bom, reto e santo. Todavia, as distorções morais e éticas não impediram Noé de ser diferente. Ele estava inserido no meio desse caos moral, mas era diferente. A situação conspirava contra a virtude, mas Noé fez a diferença por ser diferente. Noé surgiu como um homem diferente para fazer a diferença. Quais são as marcas daqueles que fazem a diferença numa sociedade corrompida? Queremos destacar três verdades à luz de Gênesis acerca das pessoas que fazem a diferença (Gn 6. 9). Quem são elas? O que elas fazem?
1. Elas praticam a justiça (V. 9).”Eis a história de Noé: Noé era homem justo [...] entre os seus contemporâneos [...]” (Gn 6. 9). Deus vê as pessoas, mas também vê as suas práticas. Nada absolutamente passa despercebido aos olhos do Senhor. A maldade era uma prática corriqueira nos dias que antecederam o dilúvio. As pessoas feriam umas às outras com o punhal, mas também com as palavras. A violência havia se alastrado por todas as camadas sociais. A justiça era pisoteada pelos homens. Os homens não mudaram. As feridas ainda continuam sendo abertas pelas línguas pontiagudas e pelos instrumentos de metais cortantes. Existem pessoas com cicatrizes na alma e na carne. Como se não bastasse, o direito do órfão e da viúva é tolhido pelos poderosos. Os pobres são oprimidos e os necessitados esmagados. O mundo está carente de pessoas que sejam diferentes para fazerem a diferença. Não tenha medo de ser diferente entre os seus contemporâneos. Pratique a justiça. Noé praticava a justiça, por isso fez a diferença entre os seus contemporâneos.
2. Elas demonstram integridade (V. 9). “Eis a história de Noé: Noé era homem [...] integro entre os seus contemporâneos [...]” (Gn 6. 9). A integridade é um distintivo daqueles que são diferentes. Os que fazem a diferença empunham a integridade como escudo da retidão. Há muitas pessoas desonestas. A falta de honestidade é uma deformação do caráter. Quase que a corrupção é ovacionada como virtude indispensável ao homem contemporâneo. A corrupção campeia em quase todos os seguimentos da sociedade hodierna. Ela está presente no poder legislativo, executivo e judiciário. As evidências são fartas na política e na religião. A sociedade precisa de homens e mulheres que demonstram integridade na vida. Homens que não negociam a moral nem os valores éticos. O mundo precisa de pessoas de uma só palavra. Tenha coragem, mas também tenha índole íntegra. Noé demonstrou integridade entre os seus contemporâneos e foi reconhecido como homem reto.
3. Elas andam com Deus. “Eis a história de Noé: Noé era homem justo e integro entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus” (Gn 6. 9). A prática da justiça, bem como da integridade sem a presença de Deus pode tornar-se legalismo. Não basta ser justo e íntegro, é preciso andar com Deus. A justiça e a integridade para ser uma referência distintiva na vida daqueles que fazem a diferença, precisam ser oriundas de uma relação estreita com o Senhor. Quem anda com Deus faz a diferença no meio da sua geração. O diferente faz a diferença não porque possui comportamentos distintos das demais pessoas, mas porque anda com o Deus que promove a diferença. Se o diferente não fizer a diferença por causa da presença de Deus, a sua prática tornar-se-á em moralismo religioso estéril e sem vida, ranço do farisaísmo. Noé fez a diferença porque andava com Deus. Tenha coragem de ser diferente. Seja diferente, pratique a justiça. Seja diferente, vivencie a integridade. Seja diferente, ande com Deus. Que Deus nos ajude a sermos diferentes.