terça-feira, 4 de novembro de 2008

Achei...! O Livro da Lei!


Achei...! O Livro da Lei!

Em 31 de Outubro de 2008 a Reforma Protestante completou 491 anos. Já faz quase meio milênio que o povo achou o Livro das boas novas da salvação pela graça em Cristo Jesus, o Salvador de todo aquele que Nele crer.
Nos dias do monge alemão, Martinho Lutero, o povo estava deixando de comer para “comprar” o perdão de Deus, pois as Escrituras havia se perdido nos mosteiros. O povo estava perdido em densas trevas, manipulado pelo clero e explorado pelos mercadejadores da palavra, contudo, Lutero encontrou o Livro da Lei para alegria dos fiéis e desespero da clerezia. A luz da aurora raiou de novo.
A redescoberta das Escrituras foi uma novidade sem igual para Lutero, bem como para tantos outros que percorreram o mesmo caminho de Sola Scriptura ou somente a Escritura, por causa disso, houve genuína transformação de vida e também da sociedade onde a Escritura foi achada.
Com isso, aprendemos duas coisas: primeiro, não é possível efetuar mudança de indivíduos sem as Escrituras; segundo, não adianta reformar a estrutura, a instituição, sem, contudo reformar o coração, à vontade, o intelecto e o sentimento, pois a reforma vai além da arquitetura de um “templo”. Vale dizer que a reforma foi possível porque Escritura foi encontrada, achada, descoberta, manuseada e aplicada à realidade do povo de modo fiel.
A Bíblia relata que o Rei Josias empreendeu todos os esforços para restaurar o templo. Levantou recursos, mobilizou pessoas, delegou tarefas e confiou o trabalho a homens especialistas naquilo que faziam. Esse monarca tinha zelo para com a casa de Deus. Entretanto, a reforma efetuada por ele era puramente estética e arquitetônica, ela visava o edifício, mas não as vidas das pessoas, isso porque o instrumento de mudança de gente havia se perdido. Ele não conhecia o Livro da Lei. O Livro da Lei estava perdido no meio dos escombros. Entretanto, quando o Livro foi achado, Josias foi tomado de medo e pavor, a ponto de se humilhar, as palavras do Livro da Lei o perturbaram muito (2Rs 22. 3-20); pois tamanha era a distância entre a vontade de Deus e o modo de vida do povo.
O profeta Oséias vaticinou que o povo é destruído por falta de conhecimento (Os 4. 12). A história nos dá conta que algumas vezes o povo pereceu porque os ensinadores rejeitaram o conhecimento revelado de Deus, outras vezes isso aconteceu porque o Livro da Lei caiu no esquecimento. Ainda hoje acontece, por falta de interesse primaz do povo.
Imagine você num Iate de luxo em alto mar sem a bússola, sem veículo de comunicação, totalmente a deriva das ondas bravias e furiosas. O aniquilamento seria quase que inevitável, pois você não teria como mudar a rota, se desviar dos rochedos e dos iceberg’s. No entanto, se a bússola for encontrada a viagem será segura, pois a direção a ser seguida será norteada por esse pequeno instrumento.
Agora, pense num “templo” cheio de pompa, conforto, arquitetura moderna, abarrotado de gente, mas sem a Escritura Sagrada. As crendices, os amuletos, a manipulação, a falsa adoração, o falso ensino, as heresias e o misticismo serão dominantes no seio da comunidade e a escuridão reinará absolutamente, visto que “cada um fará o que achar mais conveniente” (Jz 17. 6; 21. 25). Mas, se a Escritura for achada, o povo conhecerá a doutrina do Senhor, o falso ensino será refutado, haverá adoração em espírito e em verdade, a luz irá escorraçar com as trevas, o reino de Deus dominará os homens com toda sua pujança e poder.
Todos nós precisamos prosseguir em conhecer ao SENHOR nosso DEUS, mas, para isso precisamos achar o Livro da Lei. Não existe conhecimento salvífico sem a revelação escrita de Deus, sem as Escrituras.
Procure Livro da lei. Ache-o! Examine-o para conhecer a pessoa de Cristo, o plano de redenção e a salvação que há no glorioso Salvador Jesus, por meio da fé, e receba o perdão gratuito de Deus.
Examina-o! Examina-o!..., O Livro da Lei! E tenha vida plena, em abundância em Cristo Jesus.

8 comentários:

Wendell Leonardo Pereira disse...

De fato não adianta uma reforma institucional, sem uma reforma no coração, mesmo por que a instituição nao existe em certo sentido.Ninguém dá bom dia ou boa noite e nem saúda com um aberto de mão a instituição. A instituição nesse sentido nao existe é impessoal,logo, o que lhe dá vida são seres humanos, estes sim criam instituições e possuem mentes e corações que devem ser regenerados pelo Evangelho da graça.
Abraços,
Rev. Wendell Leonardo

Fábio Henrique disse...

Rev. Wendell, grande abraço em Cristo, nosso comum Salvador e Senhor.

Lic. Fábio Henrique

Lic.Ev.Iron disse...

Uma reforma genuína se inicia no íntimo do indivíduo e posteriormente se expande até a Instituição.A reforma que precisamos é muito mais profunda.Todavia, Louvado seja Deus pelo exemplo que os Pré e os Reformadores deixaram para a igreja Contemporânea.Um ABraço.
LIC. Ev.Iron Souza Bastos.

Fábio Henrique disse...

Ei mano Iron, que bom ver aqui o teu comentário. Já que a Reforma começa no indivíduo, então devemos pregar a mensagem que a promove. Abs em Cristo, nosso comum Salvador e Senhor,
Lic. Fábio Henrique

PETHO disse...

Achei...! Uma Boa Matéria!

Fábio meu amigo, que o eterno continue a encher seu coração com as suas santas instruções... Nunca esqueça, como disse Moody que"o propósito da Bíblia não é aumentar nosso conhecimento, mas mudar as nossas vidas', espero que Deus continue te usando ricamente para proclamar esta verdade transformadora... assim deve viver a peregrina Igreja do Senhor, proclamando o evangelho do reino, pois como citou Calvino 'a Bíblia é o cetro pelo qual o Rei celestial governa a sua Igreja". Forte abraço meu irmão!

Fábio Henrique disse...

Olá Petho, graça, paz, misericórdia e o amor de Deus sejam multiplicados sobre sua vida. Obrigado pela visita e palavras incentivadoras e encorajadoras. Abs em Cristo, nosso comum Salvador e Senhor,

Lic. Fábio Henrique

Rita Lira disse...

Gostei muito dessa matéria Fábio,você está escrevendo muito be meu Amigo.Realmente não existe mudança de caráter sem uma mudança vinda de Cristo,e somente com o conhecimento das escrituras haverá essa mudança.Louvo muito a Deus por sua vida tão preciosa e também por ser sua amiga.Saiba que é muito gratificante ter você e a Patricia como irmãos.Deus o abençoe.Isaías 54.17.

Fábio Henrique disse...

Rita, graça, paz, misericórdia e amor de Deus seobre sua vida, família e ministério. Santa obrigado pelas palvras de incentivo. Fico feliz por sua compreensão acerca desse aspecto da vida o qual só poderá ser transformado mediante a Palvra e ação poderosa e graciosa do Espírito do Senhor Deus. Abs em Cristo, nosso comum Salvador e Senhor,

Lic. Fábio Henrique