segunda-feira, 17 de março de 2014

O DESEJO PELA GRAÇA

Texto Bíblico: “Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio.” (Sl 143.8).

A oração do salmista é tanto uma demonstração de reconhecimento como de desejo. Ele necessitava ouvir da graça. Ouvir acerca da graça é tanto uma necessidade como pode ser um desejo. A graça é uma vacina para nos prevenir dos vírus do dia a dia. Às vezes ouvimos coisas desagradáveis. As pessoas são cruéis com as palavras, ferem, tripudiam.

Há palavras ríspidas, outras são como um punhal. Portanto, ouvir a graça logo cedo é mais do que um desejo, é uma necessidade. O suplicante tem fome da graça. Sua alma só é saciada com a graça e pela graça. Sempre que ouço da graça penso no amor de Deus demonstrado em Jesus Cristo. Sempre que ouço sobre o amor de Deus em Jesus Cristo, lembro-me da cruz.

Sempre que ouço sobre a cruz, ouço a voz do perdão. E sempre que ouço sobre o perdão, sou relembrado que já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Sendo assim, sou persuadido pela voz da graça de que nada, nem ninguém, pode separar-me do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. Ah! Como desejo ouvir sobre a graça a cada manhã. Como preciso ouvi-la!

Oração: Pai, faz-me ouvir sempre a voz da tua graça! Que ela fale mais alto que todas as outras vozes. Que o som da tua graça liberte-me do fardo do dia a dia. Em nome de Jesus. Amém.

Nenhum comentário: