quarta-feira, 19 de março de 2014

A MIGALHA DA GRAÇA

Texto Bíblico: “Sim, Senhor, porém os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos.” (Mt 15.27).

Certa feita Jesus rumou para os lados de Tiro e Sidom. Ao chegar, encontra uma mulher desesperada. Ela era cananeia, uma gentia que não fazia parte do povo de Deus. Seu drama familiar era de ordem espiritual, sua filha estava possessa de espírito maligno. Seus gritos são ouvidos à distância. Ela não tinha outros recursos senão o clamor e a fé.

Ela suplica o favor do Senhor, por meio da fé persevera e se humilha. Os obstáculos estão postos em seu caminho. Ela se depara com o silêncio do Senhor, com o descaso dos discípulos e com a questão da prioridade de Israel. No entanto, não foi desestimulada pelos empecilhos. Ela não conhece o termo desistir. Seu dicionário tem diversas palavras associadas ao conceito persistência. Porém, o aspecto que mais impressiona nesta mulher é o seu contentamento com a graça.

Não existe egoísmo em seu coração. Ela quer apenas uma porção da graça. Uma migalha basta. Uma pequena parcela resolve o seu problema. Diante da sua fé, perseverança e humildade, o Senhor lhe concede o pleito de seu coração. A graça colocou sua filha em liberdade.

Oração: Senhor, teu amor é incalculável, a tua graça está disponível a todo aquele que humildemente se coloca como necessitado dela, independentemente de quem seja. Em nome de Jesus. Amém.

Nenhum comentário: