quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

A PROCURA DA GRAÇA

“Disse-lhe o rei: não há ainda alguém da casa de Saul, para que use eu da bondade de Deus para ele?” (2Sm 9. 3).

A Bíblia fala de um personagem chamado Mefibosete que foi forçado a viver escondido. Aos cinco anos, sua vida foi marcada por uma tragédia. A partir disso, sua vida se tornou uma desventura. Sua vida é uma caricatura de muitas pessoas que também vivem no anonimato e estão escondidas por vários motivos.

As razões para viverem camufladas vão desde a opção pessoal até a obrigação circunstancial. Quem sabe as circunstâncias o tenham obrigado a viver longe de Deus e de determinadas pessoas. Talvez seja a culpa, o medo, ou quem sabe, ambos. Entretanto, certo dia, a graça fez uma acurada inquirição sobre Mefibosete. A graça procura pecadores.

A graça quer trazer os amedrontados e os culpados para o convívio do Rei, dos seus filhos e filhas. A graça procura porque quer trazer você para a mesa da comunhão e da filiação. Mesmo quando a percepção de si mesmo está distorcida, a graça afirma que, de agora em diante, você comerá na mesa do rei. A graça devolve a sua dignidade perdida.

Oração: Pai amado, enche-me com a tua graça para que eu possa transmiti-la a todos os que dela necessitam. Assim como eu recebi graçaquero me comprometer a doá-la. Em nome de Jesus. Amém.

Nenhum comentário: