sábado, 16 de outubro de 2010

A DECISÃO QUE PODE MUDAR A ROTA DA SUA VIDA

A DECISÃO QUE PODE MUDA A ROTA DA SUA VIDA

Você tem um exemplar da Bíblia? Se você tem uma Bíblia, gostaria que lesse o capítulo 3. 1-26 de Lamentações, antes de ler este pequeno texto que está diante dos seus olhos. Agora que você já leu a Bíblia, leia também este texto que foi escrito para você. Por certo você já viu cenas que foram para a cama com você. Cenas belas e coloridas, mas também cenas trágicas e com cheiro de morte. Cenas que te embalou num sono profundo e gostoso, mas algumas foram verdadeiros pesadelos durante o seu sono. Durante a nossa caminhada existencial terrena vimos e ainda veremos muitas cenas. As cenas são imagens que absorvemos por meio dos olhos e as abrigamos no arquivo da nossa memória. De modo que temos uma capacidade de armazenar toda sorte de imagens as boas e as ruins. É por isso que tem muita gente com a alma enferma e adoecida.

Existem cenas cujas imagens nos marcam de modo singular negativamente e positivamente. Elas podem ser boas, mas também podem ser más. As imagens podem provocar sensações incríveis de ser revividas e lembradas, mas podem também provocar desânimo e atrofiamento da esperança. Existem pessoas que recobram o ânimo pela vida por conta delas. Mas, existem pessoas que perdem o encanto pela vida e morrem por causa delas. Aquilo que vemos, conhecemos e experimentamos pode provocar reações diversas em cada um de nós. Muitas vezes somos movidos ou neutralizados por aquilo que vemos, conhecemos e experimentamos.

O profeta Jeremias é um exemplo típico do que estou lhes falando. Ele viu, conheceu e experimentou situações caóticas. Observe o registro da Escritura: “Eu sou o homem que viu a aflição pela vara do furor de Deus” (Lm 3. 1). Quem sabe você tem visto coisas terríveis ou ouvido palavras duras. Jeremias viu e ouviu. Ele viu seu povo ser levado cativo, a cidade ser saqueada e o templo destruído. Ele ouviu gritos de crianças e adultos por conta das torturas efetuadas pelo rei da Babilônia. As cenas estavam cravadas em sua lembrança. Sua memória estava encharcada por cenas amargas e angustiosas. Além disso, ele conheceu e experimentou o sofrimento no seu próprio existir ou ser. Ele sofreu na carne, porém também sofreu na alma. Na verdade essas cenas, das quais se recordava o profeta continuamente o estava matando. Jeremias estava morrendo por causa das recordações e do sofrimento passado.

Portanto, a somatória de tudo isso era o equivalente a uma dose cavalar de veneno injetado na alma do profeta chorão. Todas as vezes que Jeremias se recordava dos fatos ocorridos consigo e com o seu povo, a sua alma fica abatida. “Minha alma, continuamente, os recorda e se abate dentro de mim” (Lm 3. 20). Ele sabia que se continuasse assim iria morrer, porque existem lembranças que matam a esperança.
Contudo há decisões na vida que dão vida a esperança. Portanto é aqui que entra a decisão que muda a rota da vida. Você pode continuar com as lembranças carrascas ou tomar a decisão de substituí-las. Você pode continuar com a memória entulhada de cascalho do passado ou pode removê-lo pela decisão de querer algo transformador e esperançoso. Você pode continuar com as cenas dos fatos ou pode substituí-los pela pessoa e atributos de Deus. Tome a decisão de recordar-se de quem é Deus.
Veja qual foi à decisão de Jeremias que também pode ser a sua. Ele disse: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança” (Lm 3). Existem decisões que ninguém pode tomá-las por você. Jeremias estava sendo consumido, mas decidiu encharcar a sua memória com Aquele que pode dar esperança.

Veja ainda o que deu esperança ao profeta e que também pode dar a você. Como o que você precisa encharcar a sua memória? Com a verdade de que Deus é misericordioso. Ele chega a seguinte conclusão: “As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto, esperarei nele. Bom é o SENHOR para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é aguardar a salvação do SENHOR, e isso, em silêncio” (Lm 3. 22-26). Esta decisão pode mudar o curso da sua vida. Decida agora mesmo. Encha a sua mente dessas verdades. A memória precisa está cheia não de coisas, mas do SENHOR Deus. Que sua memória seja renovada. Que ela seja curada dos traumas. Que haja a parir da sua decisão um novo tempo. Que o Deus que dar esperança e é nossa esperança visite sua vida neste momento.

Um comentário:

Anônimo disse...

pastor fábio henrique
caramba pastor deve ser coisa de Deus era justamente o q eu precisava, minha esperança esta fraca, mas as misericórdias do SENHOR sao as causas de nao sermos consumidos, tenho de abandonar as velhas lembranças ruins e trazer a memoria aquilo q da esperança. orbiga Deus pq pedi a tua ajuda e o SENHOR mando esse blog e essa mnsgm. salmo53